sexta-feira, junho 13, 2008

azar é conhecer muitas pessoas que dizem treuze.

6 Comments:

PDuarte said...

...ou caír de cu e partir o caralho.

AEnima said...

... ou cair de cú e ... pisá-lo todo... que foi o que me aconteceu na última sexta feira treuze... Que novo andar sexy!

woody said...

A minha prima Elizabete diz «treuze». Essas pessoas também costumam dizer «bõlso» em vez de «bolso». É estranho, sabe a leite azedo com cereais de amêndoa.

João Gaspar said...

bôlso (fingir que está ali um til, que nao existe neste teclado), acho que nunca ouvi. mas isso pode ter a ver com o facto da palavra "bolso" nao ser proferida muito amiúde pelas pessoas que conheço.

"treuze" para mim é pior que salchicha. pior porque mais irritante. quase no mesmo nível temos um "piqueno", que nao irrita tanto mas ainda assim faz comichao.

idade_da_pedra said...

desculpa lá, mas vocês não são lisboetas concerteza, porque em lisboa toda a gente diz treuze... ou seja era muito azar mesmo

João Gaspar said...

eu não sou lisboeta, não. vivi em lisboa, não sei se conta para isto das sortes e dos azares. quanto à prima Elizabete não ponho as mãos no fogo.

(e nunca referi que conhecia muitas pessoas que dizem treuze, só disse que isso era azar!) ;)