quinta-feira, novembro 23, 2006

há muito tempo que não me apetecia tanto bater em alguém

"o meu chefe mandou-me para um projecto nas galápagos mas eu não aceitei. já vi um documentário e aquilo é só tartarugas, tartarugas, tartarugas... ai, uma pasmaceira."

uma funcionária (engenheira, creio) lá do sítio onde trabalho, à qual - obviamente - me recuso a chamar colega.
ainda pensei em perguntar se não achava estranho o darwin ter passado tanto tempo naquela pasmaceira a ver só tartarugas, tartarugas, tartarugas e ter escrito aquele livrito dele - ai, como é que se chama? ah! - "a origem das tartarugas" mas achei que ela não ia perceber por isso suspirei e limitei-me a pensar que se deus existisse não permitia isto.

3 Comments:

Jp said...

Essa otária é daquelas a adicionar à lista dos pontos a favor do aborto não?

P.S. - Ela não estará a fazer o programa doutoral do CNC? É que pela citação parece uma das zongamongas que lá andam...

JoaoGaspar said...

Por mérito próprio ganha desde já lugar de destaque na lista dos pontos a favor da pena de morte, que eu até sou um gajo tolerante...

Tentilhão said...

Se não fosse ele erámos todos iguais.