quarta-feira, janeiro 24, 2007

orgulho

faz hoje (ontem) um ano, houve umas eleiçõezecas para escolher o dono da chave daquela casita cor de rosa ali ao lado dos pastéis de belém. a maior parte do país não deu grande importância a esse facto e deu a chave ao senhor que gosta de bolo-rei mas não é grande adepto de picante. beja foi o único distrito em que o senhor não ganhou. o quê? beja foi o único distrito em que o senhor não ganhou.

nas legislativas já não sei de quando - as últimas, as do sócras - aquele partido (literalmente) político (por assim dizer) que agora faz campanha pelo "nim" e que o santana insiste em chamar ppd barra psd obteve aproximadamente 12% dos votos no distrito mais importante do país. [é possível que tenham sido 13. 14, vá. 16% no máximo. mas acho que foram 12% - ide pesquisar].

há uns dias, e contrariando a sempre bem disposta não-campanha da igreja católica no referendo, o bispo de beja (que temo que venha a sofrer represálias pela sensatez das palavras) disse que o embrião "não é uma pessoa humana, porque não tem consciência dos seus actos. não tem alma".

2 Comments:

susana said...

Beja sempre na linha da frente

nuno said...

resumindo,

beja é do caralho.


o bispo de viseu diz q, se soubesse ler, votava sim.