segunda-feira, maio 28, 2007

querido diário

o fim de semana adivinhava-se prodigioso. sexta-feira, concertão de dave matthews. mas no sábado vi o piratas das caraíbas 3 e no domingo fui ao jamor.

11 Comments:

Rachel said...

perfeito, perfeito...

Filipe Moura said...

Então eu é que sou lagarto e tu, lampião, é que vais ao Jamor?

M.Ferreira said...

E aquela limonada...Saudade...

M.Ferreira said...

E o inédito "namoro no cinema com a miuda da frente"...mitico...
(recordo também com nostalgia duas empregadas: a brasileira não brasileira com bonitos olhos,por razões obvias, e a empregada da Lusomundo obviamente pela simpatia)

Jp said...

Tou a ver que agora é só concertos fonchonas prá malta se juntar toda... tá mal, tá mal, ainda tenho que ir gramar mafalda veiga pra tar com vocês, é isso que me estão a dizer??? Dasse...

João Gaspar said...

eh pá, tanta gente! por partes, sem ordem nenhuma em especial:

JP - dave matthews é tudo menos fonchona. é uma surpresa ao vivo - um sacana de um concertão. Nas 3 horas e tal que durou e na qualidade da música. Sim, senhor. Concerto do ano até agora. (e em dezembro vai estar no top 3, cuida-se-me).

João Gaspar said...

Filipe:

Daqueles acasos inesperados, recebi um telefonema de um familiar "antiga glória" do belém e lá fui eu para o meio da velha guarda do restelo.

Tinha sido mais bonita para ti a festa, sem dúvida. Ainda torci timidamente por um golo do Dady(não se está bem escrito), mas a Taça está bem entregue.

Valeu pelo belíssimo jogo do Romagnoli. O resto tudo muito esforçado, de ambos os lados, mas sem brilho nem classe. O fim da época serve de desculpa. Pode ser que o vosso Pipi saia e tenham que aguentar o Carlos Martins! ;)

Abraço e Parabéns pela jarra.

João Gaspar said...

Miguel,

Tinha um belo par de óculos, sim senhores! E eu continuo a dizer que era brasileira. A t-shirt dela dizia "BRASIL", o que parecendo que não, é um ponto a meu favor.

João Gaspar said...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Gaspar said...

Ah, pois foi, namorei com a miúda da frente! Desafio-te desde já a tentar esta arriscada manobra no teu proximo filme.

João Gaspar said...

E perfeito, perfeito... era ter álcool, 200 cL e ser Sagres.