quinta-feira, outubro 18, 2007

o que mais me transtorna são as minis quentes no frigorífico

o quadro eléctrico rebentou. estava comatoso há semanas e alguém lhe desligou as máquinas. estou à luz do ecrã do computador e do telemóvel. arrisco a bateria do portátil que não tarda dá sinal de morte. rascunho este post enquanto me preparo acender uma vela e passar uma noite no século passado. se alguém conhecer um electricista na zona (lisboa/amadora e arredores) que não me assalte à mão armada, recebe gratidão eterna e uma imperial, que isto só de apoios morais não se vive. sobrevive-se. e ninguém me tira da cabeça que há aqui mãozinha da nossa senhora.

10 Comments:

Jp said...

Se pudesse, mandava-te daqui electricidade. Não podendo, mando só um força aí!

P.S. - A tua casa de banho não prima pela luz natural! Como vai ser??

nuno said...

vou-te dar um ensinamento precioso.

o vinho tinto dà-se bem com estes imponderàveis da vida moderna. não necessita de refrigeração, deve ser guardado em local não-iluminado e, qd bebido sozinho e em silêncio, provoca uma sensação de calor que se assemelha em muito à amizade. experimenta.

said...

O homem, mas tu andas sempre nisso?

João Gaspar said...

e ninguém me avisa que escrevi "cheteia" em vez de chateia?

conventual, portalegre 2005.
e monte velho, 200?.
acho que me safo.


parece que é sina, estas merdas!
o senhor da edp não pode mexer nisto. mas fora do horário e por algumas notas já falamos nisso. um clássico.

menina limão said...

tenho de agradecer-te a risota. é que hoje era difícil, o que me faz pensar que és o super-joão. não quero minis quentes quando for aí, aviso já. isso destronar-te-ia desse pódio agora atribuído.

menina limão said...

ah maluco. a visitar-me às 6h da manhã? :P

(isto é, se foste tu)

João Gaspar said...

nop...

poderia perfeitamente ter sido mas i guess not ;)



e é muito giro isso da risota com base na desgraça alheia.

saturnine said...

lol "super-joão"? olhá descarada cantiga do bandido... (e há aqui uma curiosa coincidência que me faz novamente pensar em teleplágio. naughty naughty naughty.)

red^mosquito said...

a cerveja era sem alcool seu martir de trazer por casa..

menina limão said...

teleplágio? aonde aonde?