domingo, dezembro 30, 2007

dois mil e sete - música

se fosse fazer um top dos melhores discos do ano, corria o risco de ser a única pessoa a não endeusar os national e o seu boxer. não faço tops de discos do ano porque, apesar de em 2007 o jp simões me ter feito nascer em 1970, o james murphy se ter reinventado e dado o melhor concerto do ano no sbsr, os arcade fire terem lançado o segundo melhor álbum da carreira, o eddie vedder ter composto a melhor banda sonora original da história do cinema, o boss ter feito a magia de me levar a paris, um senhor chamado nick cave fez esta obra de arte, passe a redundância.

4 Comments:

Vampirella said...

Só posso concordar com isso. Grande disco!

Jp said...

É um grande som, concordo. Gostei bastante, quando mo mostraste a caminho daqueles dias de deboche.

Já o concerto do ano, também foi no SBSR, mas enganaste-te na banda.
Já o melhor album do ano, não sei, talvez os The Editors, com muita relutância. Afinal, pop-rock dá-me comichão. Mas enfim, não saiu nada melhor (que conheça).

nuno said...

reparei agora que cometes a ousadia de dizer "a melhor banda sonora original da história do cinema". pois bem, vou ter que te agredir verbalmente. repetidas vezes. seu bandido.

então e este magnífico album?
http://en.wikipedia.org/wiki/Batman_(album)

bandido.

João Gaspar said...

o do prince não está mau, não senhor. mas o do eddie vedder é melhor.