quarta-feira, janeiro 30, 2008

estatística

só para terem uma idéia de como isto anda mal, só agora consegui ir ali ao youtube espreitar o resumo do sporting. como vem sendo habitual - e isso constitui um dos principais problemas do país - geram-se discussões e alaridos desproporcionados sem ouvir a minha sábia opinião. o frango do helton nem é bem um frango do helton. num estádio que viu o ricardo todos os quinze dias durante cinco épocas, aquilo nem é bem considerado um golo. o golo fora-de-jogo nem é bem um golo fora-de-jogo. passo a explicar: o fiscal de linha viu que era o pereirinha que ia centrar e pensou (com probabilidades de 1:10 de estar correcto) que a bola sairia pela linha lateral do lado da central a. quando viu que era o purovic que ia cabecear pensou (com probabilidades de 10:10 de estar correcto) que jamais seria golo. o purovic concretizar um tento (ah, bela expressão) a cruzamento do pereirinha é daquelas impossibilidades (meta)físicas comparáveis às hipóteses que eu tenho de um dia concretizar uma cópula de belo efeito com duas trintonas em simultâneo. é óbvio que ambos os três (eu e as duas trintonas) ansiamos por esse dia, mas mais depressa o purovic marca um golo a cruzamento do pereirinha. não obstante fiscal de linha, o homem tinha razão. o problema é que depois chegou o nabokov a empurrar a lolita para o fundo da baliza e o tramou o fiscal de linha.

n. do a.: não faço idéia (nem vou pesquisar, obviamente) se o purovic já marcou um golo após cruzamento do pereirinha. mas tendo em conta o número de golos do purovic e o número de cruzamentos do pereirinha, este post tem probabilidades de 9:10 de fazer minimamente sentido. no remoto caso do purovic, por um azar do caralho, ter concretizado um golo a cruzamento do pereirinha, vamos considerá-lo (ao possível mas pouco provável golo) uma amostra não representativa, fora do intervalo de confiança de 99,95% da curva de gauss, aplicar-lhe uma anova de duas vias e deixar de ir ao youtube ver resumos do sporting.

9 Comments:

Gajo de bafo tramado said...

Ainda não lavei os dentes!

JB said...

epa eu que sou mau facilito as coisas, o purovic marcou um golo a cruzamento do pereirinha no jogo com o leixões... já em tempo de descontos eu sei, mas foi ehehe

João Gaspar said...

contra o leixões não conta. detesto estatística! ;)

Hugo said...

Não quero deitar abaixo esta bela teoria de probabilidades relativamente ao golo fora-de-jogo, mas o Purovic estava no banco, e mesmo sendo alto quando está sentado, acho que não teve influência neste lance.
A não ser que ele também desvie bolas como a mente como fazia o Zandinga.

João Gaspar said...

ó diabo! pois era o vukcevic, era.

o resumo do youtube não tem repetição do lance e eu não puxei a fita atrás para rever aquilo.

afinal ando pior do que pensava. e eu já não me tinha em muito boa conta.

assim as bases teóricas que sustentam este raciocínio probabilístico mantêm-se, mas o fiscal de linha afinal é um gatuno.


vukcevic, purovic... rais'partam estes argentinos com nomes todos iguais.

Filipe Moura said...

:)
Fui ao estádio pela primeira vez esta época, e passei o jogo quase todo a julgar que era o Purovic. Nem mesmo o facto de ter marcado o golo (anunciado) me permitiu distingui-los!

Filipe Moura said...

O que é que te deu para agora escreveres à fernanda câncio?

João Gaspar said...

tens pior vista do que eu, então. ou então um lugar menos bom no estádio. eu só vi uma vez o lance e no youtube. ;)


"à fernanda câncio", como assim? em minúsculas?

assumindo que é isso (não estou a ver outra semelhança), são maus hábitos, mas não são de agora. sempre escrevi assim, aqui no blogue. exceptuando um ou dois textos mais compridos que ia rabiscando em word e o sacana corrige para maiúsculas.

um abraço.

Filipe Moura said...

Eu devo estar a ficar senil, ou então ando muito distraído, mas há muito que sou leitor do teu blogue e só hoje reparei que escreves à "fernanda câncio".
Um abraço!