quinta-feira, fevereiro 28, 2008

eco-elegia

reduzo-me à minha insignificância, reutilizo o teu amor, e reciclo tristezas
(que me esqueci de separar).

3 Comments:

matilde said...

e o quê que reaproveitas?

matilde said...

como se podem fazer perguntas sem obter respostas...

como se reutiliza o amor?

como se reciclam tritezas?

(eu já me encontro reduzida à minha insignificância)

rachel said...

gostei!