quinta-feira, julho 10, 2008

poema pós qualquer coisa

ah,
caralho!
queimei-me.

6 Comments:

FuckItAll said...

pós Joaquim Pessoa, não? Se não souberes do que falo, diz, que há clássicos da poesia portuguesa que não devem continuar (semi)desconhecidos.

João Gaspar said...

sei do que falas na medida em que sei que a (o) Pessoa existe. mas a obra é para mim semidesconhecida, admito.

João Gaspar said...

pelo que fui pesquisando gostei do que vi.
se me quiseres aconselhar alguma coisa, agradeço. se não te apetecer porque isso te faz sentir o prof marcelo, compreendo.

idade_da_pedra said...

gosto de poesia assim, fácil de ler

FuckItAll said...

emailei-te aquilo que tinha em mente

menina limão said...

(gargalhada violenta)