quinta-feira, setembro 11, 2008

datas.

sempre que me perguntam onde estava no 25 de abril gostava de poder responder que soube da notícia de manhã, saí à rua e me juntei ao povo, festejando a liberdade. mas a verdade é que ainda não tinha nascido. sempre que me perguntam onde estava no 11 de setembro, gostava de poder responder que soube da notícia de manhã, saí à rua e me juntei ao povo, chorando a revolta, o terror e a opressão. mas a verdade é que ainda não tinha nascido.

9 Comments:

JB said...

ora eu posso dizer que estava sentado na minha secretaria a bulir, e estavamos a apostar quantos aviões é que iam cair ao todo, eu fui o que estive mais perto com 5 aeronaves... como podem reparar não sou o pior, se com 5 ganhei imaginem as outras almas....

Miguel said...

No que eras nascido estavas comigo ao pé do DD. lembro-me que estava sol.

Jp said...

E estávamos a tratar da matrícula no 2o ano, se bem estou lembrado... A receber mensagens do Gonçalo em casa a ver o José Rodrigues dos Santos a vir-se nas calças...

nuno said...

eu estava a almoçar no Troika. sim, no Troika.

João Gaspar said...

naquilo dos aviões estava a entrar no bar das matemáticas para café depois de almoço. lembro-me das mensagens e da minha reacção ser um encolher de ombros e um "caguei".

ah, o troika. (saudade)

nuno said...

eu sempre achei piada ao facto de estar num sítio chamado Troika nesse momento, no dos aviões.

depois fui jogar snooker.

Jp said...

Deixa-me adivinhar: ao Luna?

sergei said...

eu estava na cama aquando do 1º avião. aquando do 2º estava no tropical a almoçar. e a ouvir "n" vezes ao minuto, da boca do nuno: "isto vai dar merda... tanta merda!"
só depois fomos jogar senuquer.

nuno said...

e deu.

e esse senuquer foi o segundo do dia. antes tinha feito uma à melhor de três co bispo.