sexta-feira, abril 03, 2009

suicide soul*

é dado assente (e relativamente aceite pela generalidade das pessoas) que, mais tarde ou mais cedo, cometerei suicídio. contudo, não me invejeis. cometeremos todos, mais dia menos noite. na verdade, estamos em processo de suicídio desde o dia em que nascemos. uns com mais sucesso do que outros. isto é como tudo. é a vida. o segredo é não precipitar as coisas. e cá vamos, alegremente respirando.


* dEUS, when she comes down.

2 Comments:

José Eduardo Lopes said...

cadáveres adiados que procriam, como escreveu o Pessoa.

Vamos usufruindo do adiamento, e do sexo, com ou sem procriação ;)

João Gaspar said...

nem mais. cadáveres adiados e a loucura como condição essencial para este bocadinho. sabia-a toda, o esquizóide.