quarta-feira, maio 06, 2009

o filho do borges

sempre imaginou que o paraíso será uma espécie de discoteca, em que o porteiro não o deixa entrar porque está mal vestido.

3 Comments:

menina limão said...

o paraíso não será como o incógnito, portanto. só no inferno se ouve rock, por isso é lá que quero estar.

João Gaspar said...

o paraíso deve ser uma bela merda.

apesar do rock relativo, o incógnito ainda não é o inferno. ;)


a minha banda (os irmão coen) vai ter uma música chamada "rock relativo". gostava que isto ficasse aqui registado.

menina limão said...

naquele noite, não foi inferno de certeza, foi apenas um inferno relativo, pois. mas tu rockas.