sexta-feira, dezembro 28, 2007

o trabalho adia-se porque não vale a pena, os telejornais substituem o habitual enchimento de chouriços pelos melhores chouriços do ano. fazem-se balanços e elencam-se as figuras do ano. fazem-se mais balanços e descobrem-se o melhor desportista do ano, o melhor político do ano, o melhor apresentador de pragramas de entretenimento do ano (que muitas vezes coincide com o melhor político do ano), o melhor músico do ano, o melhor escritor do ano, o melhor porteiro de prédio do ano, o melhor josé mourinho do ano. esta semana não existe. os corpos arrastam-se até ao fim do velho com a esperança de chegar ao novo. o calendário insiste em mostrar-nos estes dias entre o natal e o fim do ano, mas esta semana não existe. e se não fosse a benazir ninguém tinha dado por ela.

4 Comments:

susana said...

é por estas e por outras que eu gosto tantoi de vir aqui...

Jp said...

"pragramas"?? Tenho mesmo de passar a ser teu revisor.

Também já tive tentado a escrever algo sobre a Bhutto, mas só me sai isto:

Filhos da puta destes fundamentalistas!!!

nuno said...

quais?

João Gaspar said...

"pragramas" parece-me excelente. fica.


abraços.